segunda-feira, 29 de maio de 2017

Inscrições abertas para Prêmio CAPES de Tese 2017


A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) divulgou nesta quarta-feira, 17, o Edital nº 18/2017, referente ao Prêmio Capes de Tese 2017, que reconhecerá as melhores teses defendidas em 2016.

Inscrições

A pré-seleção das teses a serem indicadas ao Prêmio CAPES de Tese ocorrerá nos Programas de Pós-Graduação das Instituições de Ensino Superior (IES). Cada programa de doutorado deverá instituir uma comissão de avaliação para selecionar a tese a ser inscrita, de acordo com os critérios estabelecidos no Edital nº 18/2017. Após a indicação da tese vencedora pela comissão de avaliação, o coordenador do Programa de Pós-Graduação será responsável pela inscrição do trabalho no sistema da CAPES até o dia 30 de junho de 2017. Após avaliação da comissão de premiação instituída pela CAPES, o resultado será divulgado em setembro.

Para maiores informações visite o site da CAPES.

Fonte: UFF

terça-feira, 23 de maio de 2017

Trial do Grupo Enciclo | Acesso até 06 de junho de 2017

A comunidade universitária da UFF poderá utilizar, pela Internet, o acervo multidisciplinar de um consórcio das maiores editoras do mundo, o Grupo Enciclo, por um período de teste até 06 de junho de 2017.

Para acessar a base de dados Mienciclo, é preciso utilizar a rede de Internet a cabo ou sem fio dos Campi da UFF. Automaticamente, a página reconhecerá que o dispositivo usado está na rede da UFF e permitirá a navegação em áreas restritas a assinantes.

Há, ainda, uma ferramenta de tradução automática de todas as bases de dados para o português/inglês/francês e áudio com um simples clique no botão direito do mouse.

Não será permitido downloads e impressões no período de teste.

Confira abaixo as páginas com o conteúdo do Grupo Editorial Enciclo:
Patrimonio de la humanidad
URL acesso: http://unesco.mienciclo.com/Portada
Apresentação: http://media.mienciclo.com/presentaciones/patrimonio/
Gran Enciclopedia Iberoamericana
URL acesso: http://ibero.mienciclo.com

Fonte: UFF

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Concea inicia fase piloto de novo sistema de cadastro de instituições que utilizam animais para pesquisas

Operação do Cadastro das Instituições de Uso Científico de Animais (Ciuca), plataforma desenvolvida pelo MCTIC, deve possibilitar mais transparência dos dados relativos ao uso de animais em atividades de ensino e pesquisa no país. "Poderemos conhecer a qualidade das instalações em que esses animais são criados ou mantidos", afirma a coordenadora do Concea, Monica Levy Andersen.

O Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea) definiu nesta sexta-feira (5) a iniciativa de convidar comissões de ética da área para testar a nova versão do Cadastro das Instituições de Uso Científico de Animais (Ciuca), sistema desenvolvido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTIC). A decisão partiu da 36ª Reunião Ordinária do Concea, que aconteceu em Brasília (DF).

Segundo a coordenadora do Concea, Monica Levy Andersen, o objetivo da ferramenta é traçar um primeira versão da plataforma, colocada no ar em 2012.
panorama nacional em torno do número e das espécies de animais utilizados em instituições de ensino e pesquisa. O novo sistema sucede a uma

"A modernização do Ciuca atende a necessidades dos usuários e permite uma maior transparência dos dados", explicou. "Assim, poderemos conhecer a qualidade das instalações em que esses animais são criados ou mantidos."

Ainda neste mês, a fim de testar o sistema, o Concea deve convidar até 30 Comissões de Ética no Uso de Animais (Ceuas), indicadas por membros do colegiado. Condição indispensável para a legalização e o credenciamento de uma instituição junto ao Conselho, as Ceuas são responsáveis por fazer cumprir localmente o disposto na Lei Arouca (11.794/2008) e nas normas estabelecidas pelo Concea. Na opinião de Monica, a fase piloto precisa envolver diferentes grupos biológicos, e não apenas ratos e camundongos, para aperfeiçoar a plataforma diante da real diversidade das atividades no país.

Em sua última reunião como integrante do Concea, a representante da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) na instância, Lucile Winter, recordou que o Ciuca teve origem em um decreto de julho de 2009, mas, em busca de mais transparência, o sistema vinha sendo reconstruído desde 2013. "Saio hoje do Concea muito feliz porque vejo o Ciuca acontecer. Esse trabalho começou há quatro anos", disse.

Desenvolvimento

Para o diretor de Tecnologia da Informação do MCTIC, Bernardo Veiga, o futuro sistema representa "um primeiro passo na transparência ativa das atividades de ensino e pesquisa com animais no país", já que o modelo vigente dificulta o acesso a informações. "É você sair de um ambiente onde não havia forma de se obter dados confiáveis da realidade para, então, alcançar um avanço no sentido de trazer sustentabilidade e humanização a essa área, um anseio presente tanto na comunidade científica como nas sociedades protetoras."

O coordenador-geral de Sistemas do MCTIC, George Hideyuki Kuroki Júnior, informou que o formulário de cadastramento do sistema está praticamente pronto, à espera de contribuições dos usuários e da consolidação de um cronograma de implantação. A previsão é que uma análise das dúvidas e sugestões recebidas seja apresentada aos conselheiros na 36ª Reunião Ordinária do Concea, marcada para 16 a 18 de agosto.

Criado em 2008, o Concea é uma instância colegiada multidisciplinar de caráter normativo, consultivo, deliberativo e recursal. Dentre as suas competências destacam-se o credenciamento das instituições que desenvolvam atividades no setor e a formulação de normas relativas à utilização humanitária de animais com finalidade de ensino e pesquisa científica, bem como o estabelecimento de procedimentos para instalação e funcionamento de centros de criação, de biotérios e de laboratórios de experimentação animal.

Fonte: MCTIC
Por Ascom do MCTIC
Publicação original em: 08/05/2017

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Capacitação de usuários para pesquisa acadêmica na área de saúde - Primeiro semestre de 2017

Foi proferida  na última sexta feira, dia 5 de maio de 2017, no Laboratório Multimídia do Instituto Biomédico, a palestra "Desenvolvimento de Competências Informacionais: capacitando usuários para pesquisa acadêmica na área de saúde".

A palestra foi ministrada pelos bibliotecários da Biblioteca do Instituto Biomédico, Vanja Nadja Ribeiro Bastos, Daniel Ribeiro dos Santos e Mariângela Gonçalves da Silva, tendo também a colaboração da bibliotecária Alanda do Valle Vitorino.

A equipe da Biblioteca do Instituto Biomédico agradece a todos os alunos do Mestrado e do Doutorado em Microbiologia e Parasitologia Aplicadas da UFF, que prestigiaram a palestra sobre pesquisa acadêmica, ferramentas de pesquisa, fontes e bases de dados na área de saúde, pelos breves momentos que passaram conosco.

Desejamos a todos, ainda, muito sucesso em suas pesquisas e em suas jornadas acadêmicas!!!

terça-feira, 2 de maio de 2017

III Curso de Neurociências da UFF


O Curso de Neurociência da UFF é uma iniciativa dos alunos do Programa de Pós Graduação em Neurociências da UFF que buscam difundir conhecimento na área para alunos que estão na graduação e estão na área de Ciências biológicas, biomédicas e da saúde. Este ano, estamos indo para nossa 3ª edição, graças ao sucesso das edições anteriores.

O III Curso de Férias em Neurociências será realizado no campus do Valonguinho da UFF, entre os dias 7 e 12 de Agosto de 2017. O curso ocorrerá em período integral onde os alunos assistirão aulas de temas relacionados com neurociências, e participarão de aulas práticas que serão desenvolvidas dentro dos laboratórios associados ao programa de pós-graduação de Neurociências da UFF.

Durante o curso, os alunos selecionados terão 60 horas de aulas teóricas e práticas, que possibilitará uma vivência na rotina dos laboratórios, assim como um contato com docentes e discentes da pós-graduação, promovendo um importante intercâmbio cultural e de conhecimento científico. Além disso, os alunos que desejarem poderão frequentar algum laboratório de seu interesse, na semana seguinte ao término do curso, afim de prolongar seu contato com a pesquisa.

Mais informações na página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/cursodeferiasneurocienciasuff/

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Encontro Científico do Instituto Biomédico - ECIB


É com enorme prazer que os alunos e professores dos departamentos do Instituto Biomédico apresentam o XVI Encontro Científico do Instituto Biomédico - ECIB, a VI Jornada Científica de Biomedicina, o V Workshop de Microbiologia e Parasitologia Aplicadas e o I Concurso de Fotografia Científica do insittuto biomédico!

Mais informações na página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/ECIBUFF/

terça-feira, 18 de abril de 2017

IV Simpósio de Sensibilização em Biossegurança

Escrito por proex

Onde: 
Campus do Gragoatá, Bloco F (Auditório da Faculdade de Economia)
Gragoatá
Niterói - RJ

Quando: 
qui, 27/04/2017 -
08:00 até 18:00

Descrição: 
O IV Simpósio de Sensibilização em Biossegurança tem como tema central “Os diferentes olhares sobre a biossegurança no contexto social e nos serviços de saúde”, busca sensibilizar e debater acerca de questões práticas relacionadas ao tema. É um evento voltado particularmente para profissionais que atuam ou que pretendam atuar nas áreas de saúde, biológica, biomédica e afins. O Simpósio integra o Programa de Extensão “Sensibilização e Capacitação em Biossegurança da UFF”. Nesta edição, o simpósio está sendo coordenado pela Prof.ª Barbara Pompeu Christovam, da Escola de Enfermagem Aurora de Afonso Costa.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas através do site http://www.extensao.uff.br/inscricao/



Fonte: UFF
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...